.png

DIREITO

04.3 - Icone_marcadores hora.png

Manhã / Noite

04.3 - Icone_marcadores medalha.png

Bacharelado

04.3 - Icone_marcadores calendario.png

10 Semestres

04.3 - Icone_marcadores local.png

Garanhuns

AGORA QUE VOCÊ JÁ VIU TUDO SOBRE O SEU CURSO DE INTERESSE,

ESCOLHA UMA DAS OPÇÕES:

Já decidi o meu curso!

Vou usar minha nota do ENEM.

Quero trocar de Faculdade!

Quero uma nova Graduação. 

VISÃO GERAL DO CURSO:

Formado por um conjunto de disciplinas teóricas e práticas, com o intuito de proporcionar uma inter-relação entre as mesmas, possibilitando ao discente uma visão integrada e articulada no campo de atuação do Bacharel em Direito, bem como para desenvolver gerenciamento qualitativo e adequado, revelando a assimilação de novas informações e apresentando flexibilidade intelectual e adaptabilidade contextualizada no trato de situações diversas, presentes ou emergentes, nos vários segmentos do campo de atuação do advogado, considerando as transformações da sociedade contemporânea e das mudanças de paradigmas enfrentadas pelas organizações. Diante da profissionalização e amadurecimento da área de desenvolvimento de pessoas e das organizações, o mercado brasileiro tem apresentado várias oportunidades de trabalho em organizações de qualquer natureza.

o Curso de Graduação em Direito da Faculdade Integrada CETE deverá assegurar, no perfil do graduando, sólida formação geral, humanística, capacidade de análise, domínio de conceitos e da terminologia jurídica, capacidade de argumentação, interpretação e valorização dos fenômenos jurídicos e sociais, além do domínio das formas consensuais de composição de conflitos, aliado a uma postura reflexiva e de visão crítica que fomente a capacidade e a aptidão para a aprendizagem, autônoma e dinâmica, indispensável ao exercício do Direito, à prestação da justiça e ao desenvolvimento da cidadania.

Em atendimento ao art. 4o da Resolução CNE/CES 05/2018 espera-se que os egressos do Curso de Graduação em Direito da Faculdade Integrada CETE revelem, ao menos, as seguintes competências cognitivas, instrumentais e interpessoais, que capacitem o graduando a:

 

I - interpretar e aplicar as normas (princípios e regras) do sistema jurídico nacional, observando a experiência estrangeira e comparada, quando couber, articulandoo conhecimento teórico com a resolução de problemas;

II - demonstrar competência na leitura, compreensão e elaboração de textos, atos e documentos jurídicos, de caráter negocial, processual ou normativo, bem como a devida utilização das normas técnico-jurídicas;

III - demonstrar capacidade para comunicar-se com precisão;

IV - dominar instrumentos da metodologia jurídica, sendo capaz de compreender e aplicar conceitos, estruturas e racionalidades fundamentais ao exercício do Direito;

V - adquirir capacidade para desenvolver técnicas de raciocínio e de argumentação jurídicos com objetivo de propor soluções e decidir questões no âmbito do Direito;

VI - desenvolver a cultura do diálogo e o uso de meios consensuais de solução de conflitos;

VII - compreender a hermenêutica e os métodos interpretativos, com a necessária capacidade de pesquisa e de utilização da legislação, da jurisprudência, da doutrina e de outras fontes do Direito;

VIII - atuar em diferentes instâncias extrajudiciais, administrativas ou judiciais, com a devida utilização de processos, atos e procedimentos;

IX - utilizar corretamente a terminologia e as categorias jurídicas;

X - aceitar a diversidade e o pluralismo cultural;

XI - compreender o impacto das novas tecnologias na área jurídica;

XII - possuir o domínio de tecnologias e métodos para permanente

compreensão e aplicação do Direito;

XIII - desenvolver a capacidade de trabalhar em grupos formados por profissionais do Direito ou de caráter interdisciplinar; e

XIV - apreender conceitos deontológico-profissionais e desenvolver perspectivas

transversais sobre direitos humanos.

Além disso, espera-se formar profissionais independentes, conscientes do papel que possuem em seu processo continuo de aprendizado, necessário àqueles que atuarão, doravante, no universo jurídico diante das novas realidades. O intuito é formar juristas que compreendam o presente esvaziamento de modelos analíticos exclusivamente jurídicos na solução de problemas normativos e possam, dessa forma, contribuir, critica e efetivamente, para aprimorar a conexão entre a ordem jurídica ideal e a realidade em perene processo de transfiguração exacerbado pelas inovações tecnológicas. Em suma, pretende-se formar um profissional capaz, de fato, de promover novas soluções para os novos problemas.

QUEM PODE FAZER?


Estudantes que concluíram o Ensino Médio e Portadores de Diploma.

 

INFRAESTRUTURA


 Biblioteca incluindo acervo específico e atualizado.
 Corpo docente atuante no mercado
 Prática em ambiente jurídico;

CAMPO DE ATUAÇÃO

Serviços Privados: Empresas Nacionais e Multinacionais, Escritórios de Advocacia, Consultoria Jurídicas na mais diversas áreas; Serviço Público: Juiz Estadual e Federal, Promotor de Justiça Estadual, Procurador da República, Advogado Geral da União, Defensor Público Federal, Defensor Público Estadual, dentro outras

MERCADO DE TRABALHO LOCAL / REGIONAL

Atuação junto a empresas locais, estaduais, nacionais ou multinacionais e concurso público.

04.4 - botoes voltar home.png
04.4 - botoes voltar 1.png

COORDENADORA: Antônio Neto

E-MAIL: